Também não é fácil ser-se homem

11/08/2016


Sou sempre a favor das mulheres, defendo-nos com unhas e dentes deste mundo machista.
Mas desta vez, tenho de dar o braço a torcer e virar-me para o outro lado.
O Johnny, meu namorado não aprecia beber álcool, quer dizer aprecia mas tem um gosto muito peculiar. Se for cerveja só gosta de Carlsberg ou Heineken, se for bebidas brancas gosta de amêndoa amarga ou Gin, nos vinhos só se for verde, branco ou rosé, e nem de todas as marcas.
Quando vamos a jantares de família ou de amigos, chega a ser constagedor a tamanha insistência que fazem para que ele beba álcool. 
Descobrimos que deve existir alguma lei social que os homens têm que, pelo menos socialmente, têm de obrigatoriamente bebidas alcoólicas. De certeza que esses bichos com a mania que são certinhos têm falta de pelo no peito, muita falta de masculinidade. Indecente! Façam um baixo assinado contra essas pessoínhas.
Eu sei que ele se sente mal e na obrigação de ter um copo de vinho só para fazer vontade à sociedade. É indecente mas é o que temos. Cada um deve beber o que quer e quando lhe apetecer!
Não devemos catalogar ações para cada sexo, é errado e cada vez tenho mais consciência disso.

You Might Also Like

2 comentários

  1. Tenho uma cadeira este semestre em que falamos precisamente sobre isto, o que esperam que cada género faça, parece que há um conjunto de normas a respeitar, quando não devia!

    ResponderEliminar
  2. Os homens têm problemas sim, e neste caso (e em tantos outros) é uma situação que deriva do próprio machismo e dos ideais de masculinidade. É por isso que o feminismo liberta todos, mulheres e homens :)

    ResponderEliminar