Ai de vocês que comprem um animal!

11/29/2016

© Messy Jessy Blog - Benny

Em Janeiro deste ano, adotei um gatinho (que agora está um matulão), eu e o Johnny falámos muito e quando decidimos que queríamos um animal de estimação, uma coisa ficou bem esclarecida: não iríamos dar um cêntimo por ele.

Procurámos inúmeras instituições e acabamos por ver um anuncio no OLX. Nós queríamos um gatinho bebé, porque pensávamos que se fosse crescido iria ser mais difícil a sua adaptação. Como estávamos errados. Assim que vi a fotografia dele fiquei apaixonada, ele tinha 10 meses já era crescido e sabia perfeitamente quem eram os seus dodos, mas decidi responder e no dia seguinte fomos busca-lo a casa da agora ex-dona. A rapariga estava na casa dos vintes/trintas e poucos e a verdade é que ela quis livrar-se dele. Penso ainda hoje, que se nós não o tivéssemos adotado que provavelmente ele era posto na rua, era certinho. A maneira rápida que ela se quis livrar dele chocou-me e o gato veio para nós de livre vontade, não houve nenhuma dificuldade de adaptação, entregou-se a nós por completo.

Ele estava cheio de pulgas, unhas mal tratadas, pelo baço enfim, não era mal tratado mas também não recebia o tratamento que devia e merecia.
Não consigo compreender estas pessoas, mas neste caso, teve um final feliz.
Hoje o Benny já tem 1 ano e meio, tem um pelo laranjinha super macio invejável, cresceu imenso, salta, pula, brinca. Como costumo dizer-lhe - sim eu falo com ele - "Benny, não há gatinho mais mimado e feliz do que tu."

Não há nada melhor do que chegar a casa e termos uma coisinha felpuda à nossa espera a implorar por miminhos nossos de tantas saudades que tinha. 
Foi das melhores decisões da minha vida, adotar o Benny.

Para quem gostaria de adotar um gato ou um cão e não sabe onde ficam aqui algumas instituições em Portugal, basta clicar AQUI.

You Might Also Like

8 comentários

  1. Concordo contigo. Tenho 2 gatas, quando elas tinham filhotes foram sempre dados, todos eles. Uma delas já está esterilizada, a outra ainda não mas toma a pílula :P

    ResponderEliminar
  2. *gato (este corrector automático é maravilhoso não haja dúvida :p)

    ResponderEliminar
  3. Gostava muito de adotar um animal :)

    ResponderEliminar
  4. Isso da compra de animais tem muito que se diga. Não concordo com a compra de animais em lojas, já que muitas vêm de sítios horríveis sem condições nenhumas. Mas há criadores particulares que têm todos os cuidados do mundo, que já os vendem vacinados e desparasitados, todos tratadinhos.
    Os meus animais sempre foram adoptados.
    Beijinho* Confissões de uma Pecadora by Valentina ||
    FACEBOOK ||
    Croquis - Home Decor

    ResponderEliminar
  5. Eu comprei o meu cão, não que tenha algo contra adotar, até porque era essa a minha ideia, mas como estava aqui na Suiça não sabia como fazê-lo, e como na altura queria tanto um animal para mimar e me fazer companhia pois estava sempre sozinha em casa, optei por comprar um em Portugal, a uma criadora que os enviava para a Suiça, e não me arrependo. Sei que dei muito dinheiro, e que muitos cães querem ser adotados, mas este foi o que escolhi, e também precisava de um lar, e neste momento eu não o trocava por cão nenhum no mundo, é o nosso bebe. Já me falaram como vai ser quando nascer o meu filho, mas eu já disse que vai ser igual, pois não vou ignorar o meu bebe de quatro patas, e com certeza ele vai adorar o Isaac.

    ResponderEliminar
  6. Tão verdade... a minha gatinha ia ser abandonada pois a senhora que tinha a mãe não podia ter mais gatos. E olha... já está connosco há mais de 7 anos :)

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

    ResponderEliminar
  7. Ainda bem que ele encontrou quem goste dele e o trate bem :)

    ResponderEliminar